TOP 3 "Boys Crush" de toda minha vida (fictícios ou não)

Olá internet!

A melhor parte de ser blogueira, apesar de eu ainda não me encaixar bem nesse termo (e também não imaginar outro melhor do que esse para me definir), é poder colocar a imaginação para funcionar em temas como o de hoje. A ideia veio deste post no blog da Tati; lá ela fez com garotas da ficção, aqui vou fazer com os boys, sejam eles fictícios ou não, e depois a gente faz uma edição especial pras garotas (quem sabe amanhã).

Mas primeiro, um esclarecimento: A ideia de "crush" pra mim é muito pessoal e intransferível. A maioria das pessoas entendem o crush como uma pessoa por quem você alimenta uma paixão platônica. Eu entendo o crush como alguém por quem você possui uma admiração massa, uma vontade de trocar ideia, fazer amizade, etc. No caso do post de hoje, vou falar nos dois sentidos, então vamos usar as seguintes definições: CRUSH LOVE e CRUSH FRIENDZONE.

Simbora!


#1: CAIO CASTRO (Crush Friendzone)

Leia-se RAMINA, obrigada.

O Caio é algo recente na minha vida (tipo 2013). Eu sei. Pasmem. Ano passado eu fui no lançamento do livro dele no Rio de Janeiro (perrengues, amizades, ônibus, assunto pra outro post) e tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente. Ele é uma daquelas pessoas com quem eu queria ter uma amizade legal, de verdade. Não só pelo talento incrível, mas pela personalidade que me parece ser bem carismática. Enfim, estamos aí.


#2: ZAC EFRON as TROY BOLTON (Crush Love)

Eita.

Troy foi o primeiro (e único) personagem do Zac Efron com quem eu realmente queria namorar. Me lembro que em 2011 ou 12 eu ia nas lan houses da vida pra acessar mais informações sobre High School Musical, Troy e tutoriais de como ser a Gabriela Montez (Vanessa Hudgens). Foi uma época muito boa da minha vida. E depois disso ele só melhorou nos personagens, temos que concordar. Dá um google aí.


#3: MR. DARCY (Crush Love)

Eça cena, meudeus.

Eu já falei aqui no Blog que "Orgulho e Preconceito" é meu filme preferido por motivos de: Elizabeth. Mas venhamos e convenhamos, o Mr. Darcy é um crush e tanto, não é mesmo? Quando eu li o livro pela primeira vez fiquei com certo ranço dele, mas ao longo da leitura você entende o personagem e morre de amores por ele, as Elizabeth. O filme foi uma adaptação muito fiel, 2 horas que valem muito a pena. Eu indico esse homem. HAHA.


Isso é tudo pessoal.

A ideia original do post era que fossem 5 nomes, mas eu cheguei a conclusão de que tenho apenas três. Vamos conviver com isso. Me digam aí seus "boys crush" da vida. 

Até amanhã, gatinhos.






Postagens mais visitadas deste blog

Não é Solidão, é Solitude.

TOP 4 Girls Crush da FICÇÃO

Esse negócio de BEDA