Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Esse negócio de BEDA

Mas Ramina, o que aconteceu? A VIDA. Veja bem, ela acontece. E aconteceu que ontem ficamos sem Post aqui, o que nos deixa com um saldo de -2 posts dentro do mês de Agosto. Mas não vou me lamentar por isso, por que no fim tivemos um saldo legal de bons posts e interação. 
BEDAR me fez lembrar do motivo pelo qual eu escrevia longas histórias românticas à mão e dava para minhas amigas lerem na pré-adolescência. Me fez entender que o processo da escrita é algo muito particular em cada pessoa e que fazer certas comparações não é nada saudável. Me fez julgar meus posts e tentar melhorar minha escrita a cada dia.
Eu falhei, é verdade. Postei tarde, respondi TAG pra não ter que raciocinar muito, fiz uns post's miojo (3 minutos tá pronto) e abordei uns temas meio SHAME. Porém, gosto de pensar que toda essa sequência de erros e acertos era EU sendo, no caso, eu mesma.
"Insuna", eu AMEI fazer parte disso e interagir no blog das Miga e comentar e receber visitas inesperadas e coment…

Lidando com a Ansiedade

Esse negócio de crescer é massa né? A gente sempre tem essa mania de reclamar da vida e como ela passa rápido e como era bom quando eu tinha 15 anos, mas a realidade é que eu bem queria estar aqui hoje, com 21 anos, começando a tomar as rédeas da minha vida e conhecendo muito mais de mim mesma do que quando eu tinha 15 anos e só queria, sei lá, dar uns bejo.
Mas, como todas as coisas da vida não são agradáveis e floridas, crescer vem acompanhado de alguns probleminhas que, se não levados da melhor forma, podem se tornar UM PROBLEMÃO, CORRE! Pra mim e acredito que pra você também, um deles (um dos constantes) é a ansiedade. Eita palavrinha danada de ruim. Só de falar dá uns tremeliques. 
Quando eu era mais nova, não que eu seja velha, você entendeu, a ansiedade vinha em momentos muito específicos ou normais. Era quando ia ter um passeio massa da escola, era quando eu ia viajar com minha família e reencontrar minhas amigas, essas coisinhas simples. Mais tarde, depois que eu comecei a tr…

JUST LIKE TAYLOR SWIFT

Na última semana Taylor Swift lançou o primeiro single do seu novo álbum (Reputation) que será lançado em Novembro. A música, intitulada "Look what you made me do", cujo clipe foi lançado no VMA (ontem) e já atingiu mais de 24 MILHÕES de views, fala sobre ela não gostar de certas atitudes relacionadas à ela e agora "algo precisa ser feito" (na tradução do título: Olha o que você me fez fazer) para que isso, aparentemente, pare de acontecer, ou simplesmente uma forma de demonstrar como tudo o que acontece não influencia o poder que ela tem para transformar tretas diversas em músicas Topíssimas.

Desde que o mundo é mundo, Taylor Swift é criticada por compor músicas relacionadas à sua vida pessoal e, aparentemente, direcioná-las a pessoas específicas (muitas vezes ex-namorados). Acontece que não é surpresa pra ninguém que compositores de um modo geral se inspiram muitas vezes em sua própria vida para elaborarem letras diversas. Então por que essa atitude NA Taylor se…

FAST POST DE NOVO!

Cá estou eu, às 23:25, correndo para não deixar o BEDA falhar mais um vez nesse mês que já está quase acabando. Não tenho um tema específico, queria falar da Taylor Swift mas vai ficar pra amanhã. Acho que essa semana deve rolar uns diários por aqui, sobre o que anda rolando na vida e o que eu quero que comece a rolar em breve... Enfim. Amanhã é segunda e, por enquanto, o único plano é recomeçar algum exercício físico, por favor avemaria preciso me mexer. Nas últimas semanas detectei uns sintomas de ansiedade em mim e isso não é nada bom. 
Acho que não tenho mais nada pra falar... Mandem energias positivas para esse corpinho que eu prometo desejar uma semana bem produtiva e cheia de alegria pra vocês aí também.


CORRA RAMINA, CORRA!

TAG do Futuro

Sábado é um dia diferente pra mim. É um dia de descanso, pra falar de outros assuntos, pensar em outras coisas e deixar o corpinho relaxar. Por isso os posts quase sempre saem bem tarde ou não saem, hehe. Mas cá estamos, na tentativa de lançar um texto antes das 23:59hrs de hoje, 26/08.
Desculpinhas esfarrapadas entregues com sucesso, vamos à TAG do dia. A TAG do futuro!
#1 Como você se vê daqui a 10 anos? Falar sobre o futuro é bem loko pra mim. Eu tenho planos mas não costumo idealizar dessa forma. Aos 31 anos eu quero ser/estar felizinha.
#2 Você acha que terá os mesmos amigos em 10 anos? Talvez 2 ou três.
#3 Se vê casada e com filhos? Sim, mas não com filhos, talvez um filho.
#4 Qual o seu maior medo? Não ter propósito.
#5 Que diferença gostaria de fazer no mundo? Algo relacionado à pessoas que não tiveram/tem a mesma oportunidade que eu.
#6 O que você quer mudar em si mesmo em um futuro próximo? Meus hábitos alimentares.
#7 Qual viagem gostaria de fazer nos próximos anos? Intercâmbio pa…

Aquela coisa da Gratidão...

Já dizia o primo de uma pensadora contemporânea: "Gratidão é se desacostumar das coisas" (vídeozinho aqui). E se a gente parar pra pensar, é bem verdade. 
Veja bem: Neste exato momento eu estou sentada no sofá, minha casa está silenciosa, limpa e arejada, eu acabei de colocar a segunda forma de broa de fubá no forno e já comi um ou dois (talvez três) pedaços da primeira fornada. Tudo está calmo e tranquilo, minha vida é ótima, minha família é MINHA, eu tenho um noivo maravilhoso e amigos queridos, enfim, eu tenho MUITOS motivos pra agradecer. Mas quase sempre o que vem à minha mente é umas coisas que eu deveria estar fazendo, ou como minha vida se tornou meio monótona desde que eu fiquei desempregada (não que ela fosse badalada antes, mas sempre há a necessidade de reclamar da vida) ou como o fato de eu ter assumido algumas tarefas domésticas pelo fato de estar em casa me incomoda às vezes.
A gente vive falando de clichês como "copo meio cheio/ meio vazio", quando …

High School Musical 4 e a ilusão do fandom adormecido

Na última semana High School Musical completou 10 anos desde o lançamento do segundo filme, em 2007. Eu, que fiz parte ativa desse fandom desde antes dessa nomeclatura apropriada, fiquei muito nostálgica e feliz por ter passado momentos tão gostosinhos da minha pré-adolescência apreciando aquele colégio maravilhoso, com armários e atividades que eu nunca iria ter no meu ensino médio here in Brazil. 
Enfim, eu cresci e os atores de High School Musical também, eles desenvolveram outros trabalhos e é de se esperar que não queiram fazer um remake de um filme adolescente. Mas aí teve esse trailer aí de cima, que foi "divulgado" essa semana, onde os atores principais estão mais velhos e, aparentemente, com vidas totalmente diferentes. Eis que o fandom adormecido vai à loucura. A notícia de HSM4 foi parar nos trending topics do Twitter e viralizou com mais de 15 MILHÕES de visualizações no Facebook! Que demais! Eu como boa fã não deixei de marcar presença no alvoroço geral e compa…

TOP 3 "Girls Crush" de toda minha vida (fictícias ou não)

*Girls Time my friends*

Se você ainda não viu, no começo desse BEDA fiz um apanhado dos 3 boys crush da minha vida e agora é a vez das GIRLS! Confesso que vai ser mais difícil eleger apenas 3 por motivos de: MUITAS MULHERES INSPIRADORAS GRAZADEUS.
Mas vamos lá!
#1 Elizabeth Bennet
What a girl não é mesmo? Não podia deixar de fora ela, que foi uma das minhas primeiras referências de "mulher que eu quero ser". Não pela aparência pelo amor da deusa vocês não entenderam nada. Mas pela personalidade forte, pela presença, por não se inclinar àquilo que não concorda e não ter medo de enfrentar de peito aberto. Claro que não falta aquela boa dose de romantismo e vulnerabilidade, afinal de contas não somos ferro e fogo sempre.

#2 Shonda Rhimes
Fico feliz em dizer que NÃO É pelas séries. Eu nunca vi uma série da Shonda. PASME. Mas conheci a história dela por indicação e confesso que me apaixonei; primeiro pelo TED, que é fantástico, e depois pela temática do livro. Ainda não terminei de…

Curadoria Nome Provisório #2 - Vídeos

*OMG só faltam 10 dias para acabar o BEDA! (10 por que a lindeza aqui vai postar até dia 01/09)*


Hoje resolvi fugir um pouco das TAGS, desabafos, relatos e histórias. Essa curadoria será voltada para o Youtube, um lugar de criadores tão incríveis quanto aqui na blogosfera. Vou indicar alguns vídeos legais que vi nos últimos tempos, que me ajudaram em algumas questões ou que só me divertiram mesmo.
Here we Go!
#1O desabafo da Karol Pinheiro sobre as Redes Sociais e como elas afetam a nossa vida foi com certeza um dos melhores vídeos que assisti nos últimos tempos;
#2 Jout Jout, minha musa do Youtube com certeza, fez um vídeo sobre Sexo NÃO ser moeda de troca e eu aplaudi de pé por que assim... Necessário colocar nos autos-falantes do mundo.
#3 Difícil não linkar Jout Jout em todas, mas prometo que esse é o último: Uma reflexão sobre "Bonito NÃO existir".
#4 Hel Mother contou seu relato de parto num vídeo de 40 minutos maravilhosos. Eu sou apaixonada por relatos de parto, principal…

Se não for de 8h às 18h não vale

Já diziam vários estudiosos que a sociedade é feita de um infinito de caixinhas prontas onde colocamos pessoas. Tem a caixinha do bem sucedido, empresário, terno e gravata, carro chique, sorrisos. Tem a caixinha do alternativo, tattoos, good vibes, andarilho, dreads, drogas. Tem a caixinha das meninas, rosa, boneca, casinha, glitter, mamãe, "já pode casar". Tem a caixinha dos meninos, azul, carrinho, bombeiro, futebol, lutinha, "não chora que chorar é coisa de boiola".
E-I-T-A.

Várias caixinhas. Infinitas delas.

Daí que tem a caixinha das pessoas empregadas, né? 9 ou 10 horas por dia, salário no dia 5 com certeza, "Office" (chique né?), plano de saúde, vale alimentação, terninho (ou um esporte fino, quem sabe?). Nada contra, nada mesmo. Os primeiros 6 anos da minha vida profissional (que tem apenas 6 anos) foram assim. Mas não deu pra mim gente. Olha bem: A equipe era linda, querida, a empresa era acolhedora, o trabalho não era insuportável (era trabalho,…

TAG: Nada além da Verdade

O que aconteceu ontem, caros amigos? FALHAMOS.
Mas não, minha cabeça não está desgraçada, eu estou até bem. Vamos lidar com isso. Esse BEDA vai durar até 01/09 e tudo bem, tá? Tudo bem. TUDO BEM.


O que temos pra hoje? (é saudade? não) TAG. Uma tag chamada TAG DA VERDADE. Vamos relaxar respondendo umas questions sobre minha vida pessoal, coisa que ninguém tá interessado mas, é como dizem: O blog é meu. Não mentira, que indelicada. Enfim, vamos lá!
1. Você sai na rua de cara limpa ou se maquia todos os dias? Eu saio na rua de cara limpa quase sempre. Se tem uma coisa que me dá preguiça é me maquiar. Vez ou outra eu acordo com alguma coisa no corpo e resolvo passar umas coisinhas mas assim, uma vez a cada semestre.
2. Você faz academia? Já faltou por preguiça? HAHAHAHAHA... HAHAHAHAHA... HAHAHAHAHAHA.
3. Quantos minutos você gasta para se arrumar? Uns 25 minutos com banho e tudo. Sou maravilhosa.
4. Você passa hidratante corporal e protetor solar religiosamente (todos os dias)? Não (eu sei, q…

Não combina com o feed do Instagram

Eu gosto muito de feeds organizados no Instagram. Paleta de cores, bordinhas, filtros, tudo aquilo que a gente usa pra deixar o negocinho mais apresentável. No meu caso, rola mais uma admiração mesmo, visto que tudo que consegui fazer no meu até hoje foi colocar uma bordinha branca e padronizar o filtro utilizado nas fotos. Enfim, se existe um lugar pra estar sempre bem arrumado, bonito e apresentável é no feed do insta.
Eu de certa forma gosto de postar boas fotos, de momentos felizes, compartilhar um pouco do cotidiano é sempre uma boa forma de documentar a vida. Mas, em certos momentos, precisamos nos ausentar para viver a vida real. Uma vida real que não combina com o feed do instagram. Hoje mesmo foi um dia desses; recebi uma ligação ontem por volta das 0h, me chamando pra estar na igreja hoje às 8:30h para um velório. Depois voltei pra casa e fiz o almoço, tirei uma soneca e fui ao mercado comprar algumas coisas. 
Velório. Almoço. Soneca. Mercado.
Nada disso combina com meu feed. E …

TPM - Tô Puta Mermo

Pra falar bem a verdade, hoje eu não queria star aqui. Eu queria mesmo era star comendo uma pipoca doce (aquela da cheetos) bem crocantezinha, com direito a um filminho comfort, meu sofá e minha mantinha quente. Não que eu não possa fazer isso, mas a sensação de dia perdido tem me dominado nos últimos tempos, daí se eu fizer isso vou mandar meu psicológico pro ralo direto. Então, antes que eu me renda ao desespero, vim aqui escrever sobre meu emputecimento pra pelo menos fazer alguma coisa útil no dia de hoje.

O mais engraçado dessa jornada de mal humor que me domina, é que eu sempre tento encontrar a fonte de tudo, o que me deixou insatisfeita e quase sempre coloco a culpa na TPM. No atual período do mês em que estamos, talvez até seja ela mesmo, tornando um probleminha de nada num PUTA PROBLEMA SINISTRO PENA DE MORTE CREDO. 
Na hora de decidir o que escrever hoje, pensei em falar sobre High School Musical (que tá fazeno 10 anos), mas no fim das contas eu não ia ter saco pra fazer um…

Os 3 momentos MAIS constrangedores da minha vida

Um dos vários motivos de eu adorar a blogosfera é justamente essa inspiração que temos quando passamos pelos vários blogues lindos e maravilhosos que existem por aqui (desculpa pra copiar ideias, essa eu domino). Daí que essa semana a Isa postou sobre as 3 coisas mais constrangedoras que já aconteceram com ela e eu resolvi falar sobre isso também, hoje.


1) Teve o primeiro "fora" que eu levei de um garoto na terceira série:
Então amigos, eu sempre fui uma menina muito precoce. Pra alguém que namora desde os 13 é de se esperar que o primeiro fora tenha sido na terceira série, não é mesmo?  Lá estava eu, no auge da descoberta infantil, andando com meu coleguinha Fabrício (baixinho e inteligente, lembro perfeitamente dele). Fabrício por sua vez tinha um amigo chamado Gustavo. Eu, Fabrício e Gustavo brincávamos de Power Rangers e Beyblade durante o recreio, era o máximo. Num dado momento eu descobri que estava apaixonadinha pelo Gustavo né, daí fiz a GIRL POWER e contei pra ele, …

The Handmaid's Tale: Uma distopia não tão distópica assim

Eu já devo ter falado por aqui que eu não sou muito aplicada nas séries. Principalmente aquelas em que eu já estou 7 temporadas atrasada, DO NOT EVEN TRY. Mas porém contudo entretanto todavia, algumas vezes eu sou arrebatada por alguma série muito específica e isso, muitas vezes, se dá pelo assunto abordado. The Handmaid's tale foi uma dessas e o melhor de tudo é que o pacote foi perfeito por ter apenas um temporada com 10 episódios de aprox. 1h cada.



Meu primeiro contato com a série foi através do Podcast Mamilos, inclusive melhor indicação se você gosta de conteúdo atual e comentado por gente inteligente que chega doer. O tema em questão era "Precisamos falar sobre aborto, Uber, Lollapalooza", se não me engano, ouvi por alto o nome da série, me interessei pela sinopse e resolvi assistir assim que possível.

Do que a série trata? A série é uma adaptação do livro "O conto da Aia" (Margareth Atwood) e se passa nos EUA, num futuro distópico, onde a sociedade como v…

'DEPOSITE SUA FRUSTRAÇÃO AQUI'

*Esse post é uma definição de como fazer algo "pelas cocha"*
Tem esses dias né minha gente?! Esses dias que tudo que a gente queria era estar focada e determinada, mas aí passa um passarinho na janela e a gente admira por 40 minutos. E, geralmente, isso acontece na segunda. 
Segundas-Feiras foram feitas pra procrastinar. Se não foi pra isso, foi pra receber essa gama de culpa e tristeza que depositamos nela. Ao contrário do que muita gente fala, eu não gostaria que ela fosse abolida. Ela precisa permanecer como um álibi para nossas dietas falidas, trabalhos mal feitos e posts às 23:26h. Ela é importante para o bom andamento da semana. A bichinha tem seu valor, afinal de contas.
Enrolei dois parágrafos pra dizer que não, esse não era o post de hoje. Sim, eu enrolei o dia inteiro e tô escrevendo agora na hora de postar então não vamos colocar expectativas nesse post, aliás, não vamos colocar expectativa em canto nenhum por que isso não faz bem pra pele (nem pra cabeça).
A únic…

Curadoria Nome Provisório - Um apanhado de textos legais nesse BEDA #1

*Eu adorei o nome do post de hoje*

O que é a Blogosfera? É um apanhado de amor, onde não competimos entre nós mas contra nós mesmas e essa vontade de dormir e procrastinar pra sempre!
Então, não posso deixar esse BEDA passar sem fazer um apanhado dos textinhos que bizoiei até agora e achei uma graça de tão lindos! Leiam tudinho que vale a pena:
- A Gabi escreveu sobre a ansiedade de estar trabalhando como freelancer e estar desempregada, um textinho bem sincero (quem nunca? Eu sempre).
- A Isa, do 'E agora, Isadora?', esse que é meu wishBlog de longe, postou sobre Términos, mas já adianto que não é nada disso que você está pensando.

- A Nicas deu um ótima indicação de frases para não dizer a alguém que emagreceu e a melhor parte são os memes do Caetano Veloso, M A R A V I L H O S O.

- A Ana Luíza fez um Self Image 2017 e esse é de longe um dos posts mais heart-open que li nesses últimos dias.

Bom, por enquanto é isso. Voltamos amanhã.

Beijas.



TAG: Viciada em Filmes

Nada como uma boa TAG para dar um break na criatividade e se divertir um pouquinho... Dessa vez o tema é filme, ou seja: Adoro.
Responda comigo:
1. Qual foi o último filme que você assistiu? Como eu era antes de você. Esse foi um dos que fui assistir no cinema, na estréia, sozinha. Melhor experiência. 
2. Um filme que quer muito ver: Estou ansiosa pelo Extraordinário (estréia em Novembro). Ainda não li o livro, mas pretendo. Só o trailer já me deixa molinha. Pressinto lágrimas amigos, muitas delas.
3. Um filme para chorar: Essa é uma pergunta difícil pra mim, por que eu choro com a maioria absoluta dos filmes, uma tristeza. Mas "O quarto de Jack" foi um filme que me tocou profundamente, muito mais pelo significado da história do que pelo filme mesmo. É aquele filme pra ver num momento muito introspectivo.
4. Um filme pra rir: Intocáveis. Apesar de ser um drama daqueles que me fazem chorar também, não tem como não rir da irreverência de Driss e da forma irresponsável que ele lev…

PLAYLIST DE CALMARIA PESADONA ou 7 Músicas para crescer Espiritualmente

Eu respiro música. Pra mim, não tem nada melhor do que poder tomar um banho ao som de uma trilha sonora dançante ou limpar a casa gritando uma boa música aos pobres ouvidos dos meus vizinhos. Sair sem fone de ouvido? Jamais. Perco até ônibus se precisar (e se o compromisso não for importante, hehe).

Então, seguindo a linha das migas que já fizeram ou ainda vão fazer playlists nessa internet de meu deus, resolvi indicar 7 músicas pra quem não tem medo de crescer espiritualmente. E por que esse nome gigante e significativo? Por que as músicas que eu vou indicar agora são pra você ouvir no silêncio do seu quarto, num momento reflexivo. Gosto de dizer que não são músicas de letra óbvia, você precisa para e escutar. Espero que gostem tanto quanto eu gosto.


1. De onde vem a Paz - Os Arrais



2. Por Mim - Leonardo Gonçalves


3. Pulmões - Paulo Nazareth ft. Os Arrais e Marcos Almeida



4. Montréal - Os Arrais


5. Canção de quem ficou - Felipe Valente


6. Princípio e Fim - Leonardo Gonçalves ft. Daniela Ar…

Socorro! Tô amando demais!

No mundo internético sempre rola aquele diálogo:
[- Amiga, tô apaixonada...] [- Corra.]
Nossa atual concepção de mundo nos diz que devemos ser seres desapegados, que não sentem dor, que sempre seguem em frente de cabeça erguida, que não se apaixonam demais e que não devem demonstrar fraquezas.
Eu acreditei nisso por muito tempo e, talvez, uma parte de mim ainda acredite. Não que seja totalmente ruim, afinal de contas temos que ser fortes uma hora ou outra mesmo. Mas os reflexos dessa ideologia nos deixam muito amedrontados frente a um sentimento recorrente: O Amorzinho.
Veja bem, eu namoro a 8 anos (se isso é novidade pra você, volte algumas casas textos e conheça mais sobre minha pequena grande história). Em certo momento do meu relacionamento eu me deparei com aquele paraíso sinistro que é o fato de estar loucamente apaixonada. Isso não me caía bem. Eu tinha que manter minha pose de mulher desimpedida, "atura ou surta bb", não se apega não, etc. OU, se era pra estar apaixona…